Última actualização: 13 May 2016.
  • Font size:
  • Decrease
  • Reset
  • Increase
20-11-2018
Director: Filomena Marta
Periodicidade: Semanal

Viseu: GNR salva cavalo em barragem

 

 

Ronda de rotina termina em resgate
por Filomena Marta

Eram dez horas da manhã do dia 26 de Setembro e os militares da Secção de Programas Especiais do Destacamento Territorial de Mangualde seguiram para a barragem de Fagilde, em Penalva do Castelo. Não havia missão destinada, apenas desejavam observar o local para futuramente realizar uma actividade daquele destacamento.

Chegados à barragem, na zona da Senhora da Ribeira, os militares encontraram um cavalo em problemas, dentro de água, com dificuldade em mover-se e com sinais de muito cansaço.

Desconheciam há quanto tempo o animal se encontrava naquela situação, mas com as patas a enterrassem-se no fundo mole do rio não iria conseguir sair sozinho e o perigo de exaustão era flagrante.

Analisando o local, os militares da GNR concluíram que o animal teria escorregado para dentro de água enquanto se alimentava devido ao tamanho excessivo da corda que o prendia. No final, o cuidado para que o cavalo tivesse amplitude de movimentos não levou em conta que havia uma zona de risco, tendo o tamanho excessivo da corda permitido o acesso do animal ao local onde acabaria por se dar o acidente.

Perante a situação, os militares agiram de imediato, agarrando a corda e começando a puxar o animal para uma zona de água menos profunda e que permitisse ao cavalo sair pelos seus próprios meios, apesar do esforço intenso que isso exigia.

 

A operação demorou uns longos 20 minutos e o cavalo, depois de finalmente retirado da armadilha de água em que estava, não se sabe há já quanto tempo, ficou deitado no solo devido ao extremo cansaço. Foi a operação de salvamento possível perante a situação de urgência, apesar de não haver meios adequados ao resgate, que permitissem ajudar o cavalo sem o sujeitar a um esforço tão intenso.

Com o animal já fora de perigo, os militares mantiveram a vigilância para garantir que o cavalo se encontrava bem e rectificaram o tamanho da corda que o prendia, para evitar que pudesse cair novamente na mesma situação.

Já com o cavalo a salvo, os militares continuaram o seu trabalho, tendo ainda regressado ao local mais duas vezes para se certificarem que continuava tudo bem e que não existia a o risco de a situação se repetir.

 

 

O Núcleo de Protecção Ambiental do Destacamento Territorial de Mangualde foi avisado e contactou o dono do cavalo, verificando que os documentos estavam em ordem e alertando o proprietário para os cuidados a ter na colocação dos animais no pasto, para prevenir este tipo de situações.
No final do dia, houve uma vida salva e a sensibilização de uma pessoa para os cuidados que deve ter com os seus animais. Educar e sensibilizar é, sem dúvida, a forma mais eficaz de garantir o bem-estar de qualquer animal, seja doméstico ou de pecuária.

 

Agradecimentos: Coronel Óscar Rocha, Comandante do Comando Territorial de Viseu; Tenente-Coronel Infª José Augusto Lopes Machado, Chefe da Secção de Operações, informações, Treino e Relações Públicas

Fotos: Cortesia GNR – Comando Territorial de Viseu

 

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

     

Publicidade

Videos de Socorro a Animais

Online

Flag Counter

___________________________________________________